Livros

Resenha: Insensível

06:47:00


Olá leitores, tudo bem? Hoje trago uma resenha de um livro que já li há algumas semanas e que já deveria ter postado, mas é que não encontrava as palavras exatas para descrever esse livro que ganhou meu coração (depois de quase me fazer infartar durante a leitura) ♥

Título: Insensível
Autora: Andy Collins
Editora: Planeta Literário
Número de páginas: 379
Skoob: Adicione 
Sinopse: Arrogante. Playboy. Insensível. O guitarrista da famosa banda Originals ostenta com orgulho qualquer um desses adjetivos. Dono de um corpo invejável e uma voz capaz de aquecer o Alasca, ele tem apenas uma coisa em mente: A única mulher que conseguiu dar aquilo que procurava. Mas, se aproximar dela não será tão fácil como de costume...
Callie Prescot tinha organizado sua vida, e ficar longe de tudo o que lhe fez mal era o seu objetivo, o que incluía o único cara que rompeu suas barreiras. Porém, quando ela se vê diante daqueles olhos azuis, não é só seu coração que dispara.
Ter um relacionamento nunca esteve nos planos de Micah Donovan. Ele não queria se entregar ao amor, até hoje...

"... E se existe algo que não tem volta, são as consequências dessas escolhas."

Esse livro chegou há algum tempinho, e eu li ele no dia que chegou e não consegui parar! Li ele de uma vez só, fiquei tão presa na história que não conseguia parar por nada... e o final, que final! Acho que foi uma das primeiras vezes em que eu senti uma vontade louca de mandar uma mensagem para autora logo após ter terminado de ler o livro (no entanto que eu fiz isso kkk, mandei mensagem no Facebook de madrugada, pois eu estava abalada mesmo). Eu queria muito ler esse livro por ser um livro com um romance mais erótico e por ter roqueiros (Gente, amo livro com rock star, não sei o motivo, só sei que amo), sabia que ia adorar o livro, só não esperava adorar tanto e eu preciso desesperadamente da continuação. Sério, acho que se ela tivesse saído já teria lido um atrás do outro o ficaria uns 2 dias trancada no quarto lendo e sofrendo...

"Ninguém entende a razão de ele não querer se envolver, nenhum dos seus amigos compreende por que ele declara não saber amar. Mas Micah ama, e tão intensamente, que isso assusta" 

Insensivel é o segundo livro da série Originals, e temos a história de Micah e Callie... Micah é um personagem totalmente diferente de muitos que lemos por ai, ele é o Micah, ele é único, ele te faz sentir raiva, ele te faz rir, ele te faz querer entrar no livro e agredir ele, mas ele é completamente apaixonante! Não há muito como descrever ele, pois só lendo para realmente conhece-lo e entender como esse amor e ódio conseguem existir juntos. E a Callie me encantou com sua força de vontade, mostrando que ela não precisava de um homem para tomar as rédeas de sua vida. Ela é uma mulher totalmente centrada e madura, sabe muito bem como funciona o seu "relacionamento" com o Micah e está super satisfeita com isso. Eu gostei muito da liberdade que um tem com o outro, e eu acho que
isso foi extremamente importante para que eu pudesse vê-los como um "endgame", eles podem ser quem eles querem, eles se respeitam, eles se entendem, eles se conhecem (principalmente na questão sexual), eles sabem quais são seus limites e tem uma cumplicidade maravilhosa.

“Eu não sou gentil. Nunca fui. Não com ela. Com ela, eu posso ser eu mesmo.”

Não muito como falar desse livro sem soltar spoiler, pois ele é um livro direto e tudo acontece muito rápido, então muita coisa que eu falar aqui pode ser spoiler. Mas posso dizer que é aquele livro que te surpreende, que do nada tudo muda e que ao mesmo tempo em que você começa a entender os personagens (principalmente Micah) ele vai lá e vira tudo de ponta cabeça. Sério, é bomba atrás de bomba. Quando você está recuperando o fôlego, acontece algo que te faz perder todo o fogo que você tinha acabado de recuperar.

“Nenhum homem manda um jatinho buscar uma mulher só por causa de sexo, ou por ser uma boa ouvinte. Era você que ele queria.”

O livro ele é escrito em primeira pessoa, com a visão de Cal e Micah alternadas e nos inícios de cada capitulo há um trecho de uma música. A leitura é rápida e fluida, é aquele livro que você lê de uma vez só e nem vê o tempo passar. A capa é maravilhosa, não precisa nem falar né? Vocês conseguem ver!

Eu não li o primeiro livro da série, e isso não impactou no leitura do segundo, provavelmente peguei alguns spoilers do primeiro, mas estou com muita vontade pois eu amei os outros personagens! Hannah, Gael, Josh, Braden... eu só quero mais deles! Eu amei o destaque que os personagens secundários tem na história. E o final do livro... QUE FINAL! Achei o final incrível, e que me deixou louca para o próximo! Andy Collins, não se faz um final desse hein? Mas por favor, continue, foi MARAVILHOSO!

“Formávamos uma boa dupla. Nada de cobranças, nada de dramas, apenas dor e prazer, na mesma proporção.”

Enfim, eu indico esse livro para todos os fãs de romances eróticos que vão muito além do sexo. Por mais que o nome do livro seja Insensível é um livro muito sensível, e tratamos sobre amizade, sobre amor, relacionamento, drogas, preconceito, cumplicidade e família, aquela família que nós escolhemos ♥

"Ele não queria se entregar ao amor, até hoje..."

Leia Também:

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Facebook