RESENHA - Quinze Dias


Olá leitores tudo bem? Hoje eu trago a resenha de um livro que eu simplesmente amei, uma das leituras mais leves que fiz esse ano e estou completamente apaixonada por ele! Sério é muito amor mesmo esse livro.

Título: Quinze Dias
Autora: Vitor Martins
Editora: Globo Alt
Número de Páginas: 208
Skoob: Adicione
Sinopse: Felipe está esperando por esse momento desde que as aulas começaram: o início das férias de julho. Finalmente ele vai poder passar alguns dias longe da escola e dos colegas que o maltratam. Os planos envolvem se afundar nos episódios atrasados de suas séries favoritas, colocar a leitura em dia e aprender com tutoriais no YouTube coisas novas que ele nunca vai colocar em prática. 


"Coisas incríveis podem acontecer se você começar a falar."


Quinze Dias é um dos melhores livros que li esse ano, eu estou em uma vibe de leitores nacionais e estou amando muito isso! Eu já havia visto divulgações desse livro e achei muito apaixonante, mas compra-lo foi obrigação depois que conheci o Vitor na Flipop. Sério o Vitor é uma pessoa muito fofa, iluminada, divertidíssimo, (todos adjetivos bons que existem para descrever uma pessoa, coloque aqui), um amor e eu fiquei encantada e TIVE que comprar o livro dele para ter o autografo. Demorei alguns dias para começar a ler o livro, mas quando comecei não consegui parar, que livro MARAVILHOSO! Sério, nem precisa ler toda essa resenha, só vai lá na livraria, ou num site e compra, agora. Confia. É impossível não se apaixonar por esse livro. Para quem não conhece o autor, o Vitor é ilustrador e youtuber, e quem não conhece o canal dele pode conhecer aqui.


"Você entende o meu desespero? Gordo, gay e apaixonado por um garoto que nem responde o meu "bom dia" no elevador. Tudo por dar errado."

O Livro nos conta a história de Felipe, um dos melhores personagens que conheci esse ano, um menino de 17 anos... tão real, sério não é um personagem de um livro ele se torna seu amigo durante a leitura e você acredita realmente que ele existe, pois, todos os problemas, questionamentos, toda a história é extremamente real, em algum momento você vai se identificar com algo. Mas, falando sobre o Felipe, ele é um adolescente que foge dos padrões de beleza “impostos pela sociedade”, em seu último ano do ensino médio já se acostumou com o bullying por ser gordo. É um garoto super tímido, tem vergonha de ser do jeito que é, é um super geek viciado em séries, filmes, livros. E além de tudo isso ele é gay. Nos apaixonamos por ele e vemos a pessoa maravilhosa que ele é logo nas primeiras páginas em que ele começa a nos contar sobre sua tão sonhada e esperada FÉRIAS e seus planos de séries e internet por quase 1 mês, mas, nem tudo sai como planejado quando ele recebe a notícia de que seu vizinho Caio irá passar 15 dias na casa dele, e ai as coisas começam acontecer Felipe e Caio eram amigos quando pequenos, se afastaram quando cresceram mas Caio é o crush de Felipe. Ou seja além de ter que mudar seus planos de séries e internet, ele vai ter que dividir sua casa, seu quarto, suas férias, com seu crush, que foi seu amigo de infância mas que nunca mais falou com ele. E a partir disso temos a narração de tudo o que aconteceu ao decorrer desses 15 dias de férias...

"(...) Porque "gordo" é o tipo de palavra que as pessoas tentam esconder a qualquer custo. Todo mundo diz "fofinho", ou "forte", ou "grande", ou "cheinho", mas nunca GORDO, Gordo é uma palavra sem volta, Quando você afirma uma coisa, por mais que ela esteja clara pra todo mundo, ela se torna real."

Vitor Martins - autor desse livro maravilhoso ♥
Quinze Dias é narrado em primeira pessoa, e eu me sentia quase como se eu estivesse lendo o diário de Felipe, que escrita maravilhosa! A narrativa flui, é tão natural, e gostosa... É um amigo te contando a sua história, seus medos, seu anseios, seus pensamentos. A Leitura foi bem rápida, os diálogos são bem construídos e há uma grande representatividade no livro. A trama é super envolvente e bem conduzida, é o primeiro trabalho de Vitor e ele já chegou arrasando! Felipe é um geek, então quem gosta do universo geek com certeza vai se deparar com muitas, muitas e muitas referencias (Capitão América aprovou esse livro). Fora que a edição da GloboAlt está maravilhosa, as ilustrações da capa do livro foram feitas pelo próprio Vitor que também é ilustrador, é uma edição daquelas que você compra sim pela capa e simplesmente para te-la na estante.


“Vou até a cozinha tentando não fazer barulho, mas é claro que dá tudo errado, porque eu tenho a delicadeza de um mamute"


Preciso dizer mais duas coisas sobre esse livro:

1) Romance. Não sou fã de insta love, e pensei que seria o que aconteceria por tudo ocorrer em 15 dias, mas não é bem assim, o romance fluiu de uma forma tão natural e verdadeira, em nenhum momento ficou forçado ou foi algo TE VI E TE AMO. Temos todo um desenvolvimento do relacionamento ao longo desses 15 dias muito bem construído e crível.

2) Representatividade. Personagem Gordo, Gay, Magro, Artista, Negro, Lésbica, Conservadores, temos nesse livro! Todos muito bem representados. De primeiro momento pode fazer alguns leitores saírem de sua zona de conforto, mas é tudo tão natural que você nem percebe, essas características da pessoa são quase que esquecidas quando você conhece o personagem, não é uma lésbica gorda, não é uma psicóloga negra, são pessoas muito além dessa discrição.

“Não se apaixone por uma pessoa que não faça com que você se sinta lindo. Não to falando que o cara precisa te dizer o tempo todo que você é perfeito e maravilhoso. Não é isso. Mas quando você se sente lindo só de estar perto da pessoa, aí, filho, é muito mais fácil. Você acorda com a cara amassada, o cabelo bagunçado, e ainda assim se sente lindo. Porque você está com uma pessoa que não aponta os seus defeitos. Não faz você se sentir pior. Não repara naquela estria na bunda que nem você tinha reparado até então. Porque essa pessoa enxerga a melhor parte de você. ”


Sem dúvidas o momento em que esse livro me ganhou foi quando eu percebi que apesar de todos os temas fortes abordados, eu estava me divertindo, eu dava risadas, eu me identificava, eu queria abraçar os personagens e fazer os questionamentos que surgiam juntos com ele. Esse é aquele tipo de livro que aquece seu coração, que as pessoas precisam ler pois é uma forma bem leve de abrir a mente um pouquinho mais, de aprender a enxergar mais as pessoas e não as aparências, e de se lembrar que está tudo bem, o mundo inteiro é seu e isso vai passar, as coisas vão melhorar sim, você pode superar seus medos, confie em si mesmo! É um livro cheio de vida, amor e enche nosso mundo de cor.

“Eu tenho muito orgulho de quem você é. Das decisões que toma, de como enfrenta seus problemas, de quando me faz rir mesmo meu dia estando uma porcaria. Você é meu companheiro, filho. E qualquer pessoa que pode aproveitar sua companhia é uma pessoa de sorte. ”

Agora no meu histórico de pesquisa do Google tem: “Como saber se estou apaixonada pelo livro Quinze Dias”, tenho certeza que eu estou.


Agora corre lá e compra esse livro maravilhoso. Você precisa ler!

O MUNDO INTEIRO É SEU ♥

3 comentários:

  1. Olá Paloma,
    Tenho amado suas indicações. Primeiro, foi a série Atypical, que aborda o autismo e, agora, o livro Quinze Dias que traz a questão do bullying por o personagem principal ser gordo.
    Achei bem verdadeiro o trecho que diz que, "quando você afirma uma coisa, por mais que ela esteja clara pra todo mundo, ela se torna real".
    Quinze Dias nos traz a mensagem que é preciso enxergar as pessoas além da aparência e, apesar de tratar de assunto sério, parecer fazer isso de uma forma muito leve e divertida, a começar pela capa que, por si só já é um convite à leitura.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante desse livro, ainda mais quando se trata de tema tão emotivo, que passa como a sociedade é tão desumana. Parece-me ser um livro muito gostoso de ler, pela narrativa e o bom humor de personagens secundários, com certeza tenho que ler esse livro! Vou conhecer um pouco mais sobre esse youtuber também.
    E que capa linda!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Comprei o livro já faz um tempinho, li ele e amei. Porém algumas coisas me incomodaram. Eu sou lésbica, fiquei muito feliz por ter um casal de garotas e tal, mas eu não me senti representada pelas personagens e isso me deixou realmente chateada. Outra coisa, o quanto o Felipe fala do amigo dele me irritou algumas vezes, menino diminui esse fogo no rabo vcs mal se falaram ainda.
    Ignorando essas coisinhas, o livro é realmente maravilhoso e muito gostoso de ler.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.