RESENHA - A Luta Pela Liberdade


Olá leitores! Tudo bem? Hoje é dia de postar resenha de um livro que ganhou meu coração e me tirou de uma ressaca literária horrível em que eu me encontrava. É o primeiro livro da Kirsty Moseley aqui no Brasil! Um New Adult que você vai amar! ♥


Título: A Luta Pela Liberdade

Autora: Kirsty Moseley
Editora: V&R
Número de Páginas: 448
Skoob: Adicione
Sinopse: Jamie Cole é um assassino. O reformatório juvenil foi seu lar durante quatro longos anos. Agora, Jamie tem a chance de recomeçar. Porém, seu antigo chefe no mundo do crime não quer abrir mão dele. É preciso pagar um preço alto para sair de uma gangue barra pesada.
Ellie Pierce é a líder de torcida perfeita que, durante muito tempo, namorou o capitão do time de futebol mais popular da escola. Mas esse relacionamento chegou ao fim e tudo o que ela mais quer é ter sua própria identidade.
Quando Jamie conhece Ellie em uma boate, a atração é instantânea. O encontro termina com uma noite quente e inesquecível. Ele não é de se envolver com as mulheres. Ela não quer um compromisso sério. E a ligação entre os dois é intensa demais para ficar apenas no sexo sem compromisso.
Jamie quer aquela garota ao seu lado, mas fugir do passado criminoso e manter Ellie longe de sua história pode ser impossível. Será que o destino bandido fará ele sucumbir e perder o que de mais valioso já teve em sua vida? Ou será que a força desse amor será forte o bastante para libertá-lo?


“Acho que, no fim, tudo se resume a isto: meu nome é Jamie Cole, e sou um assassino. ”

Foto por Paloma Machado - Dreams & Books
Instagram: @lominha_machado
A Luta Pela Liberdade foi um livro que eu esperei muito desde que vi no catálogo da V&R, não sabia muito do livro além do que li em sua sinopse que achei bem interessante e esperei ansiosamente. Ele chegou quando eu estava passando por uma ressaca literária e pensei que não ia conseguir ler, mas assim que comecei não consegui parar. Devorei ele em um dia, e só fechei quando cheguei a última linha, e estava ainda sem fôlego pelos acontecimentos.

Já estou apaixonada pela escrita da autora Kirsty Moseley e já quero ler outros que ela escreveu, não é a toa que ela teve mais de 6 milhões de leituras no Wattpad. O livro é o primeiro de uma duologia e o primeiro livro de Kirsty publicado no Brasil - V&R pode trazer os outros! -, a pegada de Kirsty para New Adult é ótima.



“Nada é bom ou mau, o pensamento é que torna as coisas assim”

O livro é narrado em primeira pessoa com capítulos intercalados de Jamie e Ellie, logo no começo temos Jamie saindo do reformatório onde cumpriu pena por assassinato, e há todo um mistério em relação a isso, eu já estava esperando um bad boy completo, mas logo no começo ele já diz que quer uma nova vida longe da criminalidade. E depois conhecemos Ellie, uma colegial, líder de torcida, popular e de classe média alta, família estruturada e um drama com o "ex" namorado chato.


Confesso que em um primeiro impulso pensei: "Aff, mais um livro no qual a metidinha se apaixona pelo bad boy, os pais dela e o ex namorado vão fazer o inferno da vida deles, e essa é a história.", mas essa minha opinião mudou completamente quando comecei a conhecer melhor os personagens e mudei totalmente a primeira impressão que tive deles.



"Sem minha permissão, aquele garoto foi cavando aos poucos seu espaço em meu coração."


Foto por Paloma Machado - Dreams & Books
Instagram: @lominha_machado
Jamile Cole - me apaixonei loucamente - ele não é nada do que eu esperava, ele é muito melhor! Ele consegue ser um bad boy - barra pesada - e mesmo assim ser bom. Ele é um cara incrível, tem um coração enorme, é um homem de caráter, extremamente leal, sincero é super fofo e é um completo amor, mas quando precisa ser o bad boy ele consegue ser aquele cara que os caras ruins temem. Sua história é maravilhosa, tem uma carga emocional extremamente forte e eu me peguei chorando enquanto lia sobre tudo que ele passou e o que levou ele a prisão. A autora consegue fazer com que nos apaixonemos por alguém completamente fora da lei. Ellie também foi uma surpresa, ela não tem medo, é decidida e vai atrás de seus objetivos, não é uma garota má e terminou com seu namorado pois percebeu que ela era apenas uma "namorada troféu" e que sua vida e suas escolhas não deveriam ser ditadas por esse relacionamento. Ela é aquela menina que vê o melhor das pessoas e não as julga, que é compreensiva e amiga e que tem sua própria personalidade, não abaixando a cabeça nem para sua mãe.

Os personagens secundários também se enquadram muito bem na história mas para mim o grande destaque dos secundários foi o pai da Ellie, quando soube que ela vinha de uma família conservadora e conheci a mãe dela que vive de aparências pensei que ele seria pior, mas conhecemos um cara super carismático, que apoia e confia na filha e apoia suas decisões. Ou seja, esse é o livro que quando você pensa que o personagem é uma coisa, na verdade é outra.



"Ellie sempre seria quem merecia coisa melhor. Mas enquanto não se desse conta disso, eu ia aproveitar ao máximo."


Foto por Paloma Machado - Dreams & Books
Instagram: @lominha_machado
A história me lembrou de velozes e furiosos, não apenas pela questão de carros mas por me fazer torcer para que as coisas "ilícitas" dessem certo, e me fazer sentir aquela adrenalina e me deixar ansiosa com essas cenas, eu realmente estava torcendo para os caras que roubavam carros! E no meio de toda essa adrenalina temos o romance dos dois, que é a coisa mais fofa e quente do mundo, como disse anteriormente a química dos dois é incrível e inegável. Sem contar a carga emocional desse livro que também não é brincadeira, tantas coisas aconteceram com o Jamie antes dele ir para o reformatório que é difícil não se emociona, são coisas que te deixam até em choque, choque por tudo aquilo ter acontecido com alguém que aprendemos a gostar e choque por saber que as coisas são coisas que realmente acontecem na vida real, não é uma ficção e pensar que essas coisas acontecem chega a ser assustador.

O único ponto que me deixou incomodada foi essa carga tão grande para idade deles, eles tem 17, 18 anos, e tudo que aconteceu com a Jamie antes do reformatório... Mas talvez eu tenha pensado isso pois, apesar de ainda ser jovem, sou de uma outra época e as "crianças/jovens" atualmente crescem bem mais rápido que antes.



“Quando me livrei de tudo, arranquei todas as camadas sujas, machucadas e estragadas, só restou esperança. Esperança de uma vida melhor, de um futuro melhor. Esperança de ter outra oportunidade, nada mais”

É um livro que sem dúvidas eu indico para todos que gostam de New Adult principalmente! É uma ótima indicação também para quem quer começar a ler New Adult, pois ele fala sobre amor, liberdade, sentimentos, escolhas, consequências e a busca em ser uma pessoa melhor e ir atrás de seus sonhos! 


Não tenho dúvidas que quem ler vai se apaixonar tanto quanto eu. Mais uma vez:

Obrigada V&R por trazer esse livro para o Brasil, e já pode trazer os outros ♥'


"Que loucura, uma menina conseguir, sozinha, estilhaçar tudo que eu pensava saber da vida"

16 comentários:

  1. GENTE, tô louca nesse livro! Eu havia ouvido falar através de outras blogueiras que eu vi que compraram para ler, mas depois dessa resenha tô mais empolgada ainda! Foi pra wishlist! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, com certeza você não vai se arrepender! Vale muito a pena <3

      Excluir
  2. Adorei a resenha, o livro parece ser muito bom mesmo, mas infelizmente não me interessei tanto assim, portanto, quem sabe mais para frente eu me interesso.
    Beijos,
    Garota Perdida nos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, quem sabe! Dá uma chance, eu me surpreendi muito com esse livro! :D

      Excluir
  3. Ual!
    Adorei essa história de Bad Boy da pesada, nunca ouvi falar do livro até o momento, mas me parece ser uma ótima pedida, estou nessa de ressaca literária e acho que irei apostar nessa narrativa.
    Parabéns pela resenha, Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro me ajudou a sair da ressaca, acho que tinha começado uns 5 ou 6 livros antes dele e não conseguia ler! A Ressaca estava forte kkkk Ele ajudou muito, eu comecei e não conseguia parar!!!
      <3

      Excluir
  4. Olá!
    Assim como você, já estava pensando que se tratava de mais um livro clichê, mas ao ler a resenha fiquei com outra impressão.
    Não conheço a escrita da autora nem leio muito esse gênero, mas acho que daria uma chance, visto que gosto de histórias intensas de tirar o fôlego.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ele foi uma boa surpresa! Tudo o que voc~e pensa que pode ser, não é ou é algo muito mais complexo! Fora que realmente as partes de ação são de tirar o fôlego e você se envolve de uma forma que parece que é você está lá! Muito bom!

      <3

      Excluir
  5. Olá!!
    Parabéns pela ótima resenha, me deixou muito instigada, esse livro parece ser muito interessante e já entrou na minha listinha. Adoro livros clichês que surpreendem.
    Um beijo da Ana :*
    https://porvarioslugares.wixsite.com/porvarioslugares

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada <3
      Clichês que surpreendem são os melhores, não é mesmo?

      Excluir
  6. Não conhecia o livro, mais já me apaixonei 😍😍 ... Esse vai entar para minha lista de leituras... Parabens pelo poster ... Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coloque na lista e dê a chance para ele! É muito apaixonante o livro mesmo *---*

      Excluir
  7. Oiii tudo bem?
    Que resenha de tirar o fôlego, mas infelizmente a obra não despertou meu interesse, fico feliz que tenha trazido a resenha para nós e irei indicar pra algumas amigas.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Indique e quem sabe dê uma chance para ele... É bem surpreendente <3

      Excluir
  8. Que bom que conseguiu superar sua ressaca literária ;)
    Embora eu tenha achado o livro interessante eu não gosto muito quando os capitulos tem pontos de vista diferentes, infelizmente a maioria acaba não sendo bem trabalhada especialmente quando o livro tem um ritmo mais rápido e acabo evitando livros assim, embora não pareça ser esse o caso.
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Ressacas são péssimas :(
      Sim, realmente não senti que ficaram pontas soltas e que não tenha sido bem trabalhado, ela conseguiu um ótimo equilíbrio entre as duas visões <3

      Excluir

Tecnologia do Blogger.