RESENHA - Azeitona

www.dreamsandbooks.com
Olá, leitores! Tudo bem?
Hoje eu venho com a resenha de Azeitona, livro que recebi da Planeta, nova parceira do D&B! Confiram:

Título: Azeitona
Autor: Bruno Miranda
Editora: Planeta
Número de páginas:352
Skoob: Adicione


“A gente sempre acha que precisa mais do que tem e, mesmo tendo tudo, sempre falta algo.”
Sinopse:
Ian e Emília não trocaram mais que duas palavras desde que começaram a estudar juntos, mas é o nome dela que vem à mente dele quando precisa de uma parceira para um plano mirabolante: participar de um reality show sobre casais adolescentes que vão ser pais. Isso em troca de um cachê capaz de resolver todos os seus problemas.

Ian tem dezesseis anos e foi criado pela irmã, Iris, que precisou abrir mão de oportunidades na vida para cuidar dele. Agora, quando ela finalmente vai conseguir se formar na faculdade, ele se sente na obrigação de retribuir de alguma maneira.

Emília, aos dezessete anos, não quer retribuir nada a ninguém – pelo contrário, seu sonho é sair de casa o quanto antes para não discutir mais com a mãe, com quem sempre teve uma relação conturbada.

O fato de que eles não são um casal nem têm planos de ter um bebê de verdade parece apenas um detalhe. Mas a vida reserva surpresas, nem sempre boas, para quem acredita que é fácil inventar a própria história.

O romance de estreia de Bruno Miranda, criador do canal Bubarim, no Youtube, é uma história divertida e tocante sobre relacionamentos familiares.


“Enquanto você tentar se completar com qualquer coisa que não seja amor de verdade, você só vai inflar como um balão de festa; quanto mais cheia mais frágil.”

www.dreamsandbooks.com
Foto por Dreams & Books.
Instagram @dreamsebooks

Quando eu solicitei Azeitona, sabia que o livro é bom. Os comentários que vi por aí e a nota no Skoob deixam isso bem claro. Mas, eu não poderia imaginar o quão bom ele é! 

Já fazia algum tempo em que um livro não estava me prendendo. Eu fiquei semanas enrolando com as minhas últimas leituras. Apesar de estar gostando, não conseguia ler mais do que um capítulo por dia e me cansava facilmente. Era como se as leituras estivessem me deixando cansada e estressada. Isso já aconteceu com vocês? O que eu sei é que precisava urgentemente de um livro que me prendesse, pra que essa sentimento tão ruim saísse de uma vez de mim. 

Por isso, assim que Azeitona chegou, senti no meu íntimo que ele poderia me salvar dessa situação e me fazer voltar a sentir aquele prazer de sempre com os meus livros. Assim, larguei o livro que estava lendo - e ainda estava na metade - e comecei a lê-lo, no primeiro dia já li 200 e poucas páginas, e, no dia seguinte, li as 100 e poucas que restavam.


"Se nem a morte põe fim a tudo o que você deixa na terra, por que a esperança não pode se manter intensa como a certeza de que, a cada três segundos, vamos respirar novamente?"

Azeitona me surpreendeu. Como eu disse, já esperava um bom livro, mas, Azeitona é bom demais! É incrível, é aquele tipo de livro que você termina e fica sem conseguir falar. Sabe quando você termina um livro, fica querendo indicar pra todos, mas, não consegue achar um adjetivo que se encaixe perfeitamente? Por que, todos parecem não mostrar o real dele. 

O Bruno me surpreendeu. A sua forma de escrever é tão incrível! É aquele tipo de escrita que te prende sem você perceber, que se te ensina e te diverte, que te faz rir e logo depois te faz chorar. É aquele tipo de escrita que te faz virar as páginas alucinadamente, que torna impossível cogitar não ler o próximo capítulo. Eu tentei parar a leitura várias vezes, juro. Pra assistir séries, pra programar postagens pro blog, pra viver um pouco, sabe? Mas, assim que fechava o livro, não passavam três segundos inteiros até que eu me visse reabrindo e retomando a leitura. Era inevitável.


“Não espere até perder alguém pra começar a pensar em consertar as coisas.”

Falando em séries, uma outra coisa maravilhosa de Azeitona - além desse título - e a presença de tantas referências. Não sei vocês, mas, eu me sinto muito acolhida quando vejo várias referências da cultura pop num livro. Mas, parecer que é real, sabem? Além do título e das referências preciso destacar essa capa maravilhosa! A capa é simples, é meio estranha, mas, é linda de uma forma única! A diagramação está impecável também, com páginas amareladas, fonte em tamanho ótimo e orelhas. 


www.dreamsandbooks.com
Foto por Dreams & Books.
Instagram @dreamsebooks
Eu preciso destacar os relacionamentos desse livro. É maravilhosa a forma tocante e singela em que o Bruno trabalhou os vários tipos de relacionamentos nessa trama. E um destaque pro Babacão - com B maiúsculo mesmo - da história. Vamos lá, amigxs: se a pessoa te vigia, se ela não confia em você, se tem ciumes excessivo, se te agride física ou emocionalmente, se ela te controla, te sufoca e te faz se tornar uma pessoa diferente quando está com ela, se ela interfere na sua forma de pensar e agir, ela não é apenas uma babaca. Ela é abusiva, sim, você está num relacionamento abusivo. E isso não é nada legal, isso não é romântico, isso não é bonito. Obrigada, Bruno Miranda por não romantizar relacionamento abusivo! 


“Ele acreditava que, sempre que acontece algo ruim, é porque algo muito bom está por vir.
Como se cada um tivesse uma balança com um lado bom e outro ruim. A meta era deixá-la em equilíbrio.
Quanto mais coisas ruins caíssem na sua balança, mais coisas boas iriam acontecer para ela se estabilizar de novo."

Livro bom é aquele que te faz levar alguma coisa pra vida, não é mesmo? Com Azeitona eu aprendi. Aprendi, sobretudo, que não devo ter raiva ou me focar no que eu perdi, mas, aprender a amar e valorizar o que restou. Que o dinheiro apesar de importante, nem sempre vai ser a solução para os problemas. E que o amor incondicional é um dos melhores presentes que você pode receber. 

Concluo essa resenha fazendo aquele apelo amigo pra que você dê uma oportunidade a esse livro maravilhoso! Se você está com aquela dúvida sobre ler ou não, apenas leia. Vai por mim, Azeitona vai te surpreender também! 


"Depois de uma tempestade, a poeira abaixa. E é nesse momento que conseguimos enxergar o caminho."

(Esse post é válido para o TOP - Comentarista de Março / 2017). 

6 comentários:

  1. Oi Lorrane, tudo bem?
    Eu li Azeitona ano passado e adorei! Parecei que eu vi o Bruno com aquele jeito engraçado dele em cada página. Apoio seu apelo para aqueles que ainda não leram. Super vale a pena!
    Beijão
    [SORTEIO]Baile Literário
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Priscila! <3
      Né? Realmente é muito fácil ver o Bruno contando a história daquele jeito divertido dele!
      Beijos e até!

      Excluir
  2. Já conhecia o livro mas não li ainda. Sua resenha me deixou super animada só de ler kkk ter um relacionamento abusivo na história é algo que precisa ser bem trabalhado e estou feliz que o autor fez isso maravilhosamente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha Que bom que a minha resenha te empolgou!
      Fez sim, só por isso esse livro merece muito ser lido! <3

      Excluir
  3. Olá!
    Qro tanto ler esse livro, acho o enredo uma fofura.
    Espero conseguir ler em breve!
    Bjs

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.