PRIMEIRAS IMPRESSÕES - Big Little Lies



Dia 19 de fevereiro a nova mini série da HBO estreou, eu já tinha lido algumas pequenas coisas pela internet principalmente sobre o forte elenco da série Nicole Kidman (Moulin Rouge - Amor em Vermelho), Shailene Woodley (A Culpa é das Estrelas), e Reese Witherspoon (Legalmente Loira). Fortes nomes do cinema se juntaram para uma minissérie da HBO, isso já me fez ficar curiosa principalmente com a atuação delas. Fora que ao ler um pouco sobre a série que tratava a vida de mães fiquei imaginando a Shailene interpretando um papel desse, estou acostumada a ver ela como a adolescente e ela seria Mãe? Apesar da ansiedade resolvi esperar pelo menos sair 2 episódios para assistir, e essa semana finalmente assisti essa série e hoje trago para vocês as minhas primeiras impressões sobre ela.


   


Big Little Lies - sempre que falo esse nome tenho vontade de falar Pretty Little Liars, é só comigo? -  é uma mini série de 7 capítulos baseada no livro homônimo de Liane Moriarty que retrata a realidade de três mães que pelo acaso se cruzam e se tornam amigas, Jane Chapman (Shailene Woodley), Celeste Wright (Nicole Kidman) e Madeline Martha Mackenzie (Reese Witherspoon) possuem vidas aparentemente perfeitas em Monterey - gente que lugar maravilhoso- , mas aos poucos enxergamos o lado sombrio de suas vidas e os segredos que se escondem. Essa vida "perfeita" levará a uma morte, e esse é o mistério da série, Assassinato? Quem matou? Quem morreu? Qual a motivação? Essas são perguntas que ficam, e acredito que só se revele esse mistério no último episódio. Essa trama me lembrou de série como  How To Get Away With Murder, Revenge e Desperate Housewives. 
A Série também é Girl's Power, temos três protagonistas femininas: Celeste é uma advogada que largou a profissão para cuidar de seus filhos gêmeos, aparentemente tem um casamento perfeito com um homem mais jovem, amoroso e simpático pai e marido. Madeleine uma mãe em seu segundo casamento que aparentemente ainda não superou seu divórcio mesmo que tenha se casado novamente e que dedicou sua vida integralmente em criar suas filhas, sendo que hoje tem que lidar com o descaso delas, principalmente da mais velha fruto de seu casamento anterior que prefere a companhia da madrasta ao invés dela. Madalaine e Celeste fazem parte do circulo rico da cidade, que escondem suas caveiras no armário, mas como sabemos uma vida perfeita é uma mentira perfeita. E temos também Jane Chapman, uma mãe solteira condição financeira bem abaixo daquela sociedade, que se muda para a cidade para recomeçar sua vida, fica claro que seu passado esconde algo, e como é dito “ela não se encaixa, é como um carro velho estacionado do lado de fora de uma loja de luxo”, mesmo assim ela se torna amiga de Celeste e Madeleine.



Para mim o ponto alto da série foram as atuações, tanto as atrizes principais quanto o elenco de apoio estavam maravilhoso, todos entraram muito bem no papel e conseguiram transmitir a essência dos seus personagens. Tive um certo receio de tantos nomes de peso no mesmo lugar e até pensei que pudessem ofuscar os personagens secundários com atores menos conhecidos, mas a sintonia de todos foi perfeita! Além disso Roteiro, Direção de Arte, Fotografia e Trilha Sonora também estavam impecáveis. O roteiro é bem escrito, tem diálogos rápidos, afiados com a certa dose de humor e que transita entra passado, presente e futuro perfeitamente. É através dos ótimos flashbacks que descobrimos os detalhes da sociedade e como as coisas eram vistas pela sociedade. Há alguns flashesfoward que nos deixam intrigados querendo saber mais sobre o que aconteceu. Direção de Arte e Fotografia muito bonita e coerente, os cenários são bem montados o clima que passa é ideal, as sombras o ângulo da cena pegando o principal, diferenciando a realidade de cada uma das mãe e com uma pegada bem feminina. E eu AMEI a trilha sonora, tem músicas diferentes adequadas para os momentos em que são colocadas dando um clima para cena, assim como os momentos de "silêncio" que dão o toque perfeito do suspense.
 
Assisti os dois episódios da série e pretendo continuar, Big Little Lies é uma série que te prende e é muito gostoso ir descobrindo os personagens e todo o poder feminino que ela trás. As coisas na série acontecem de uma maneira natural, nada parece ser forçado.

(Leia também: PRIMEIRAS IMPRESSÕES - Santa Clarita Diet)

A abertura da série também é muito amorzinho, e mostra um pouco das personagens e desse lugar tão lindo em que se passa a história:


 A série passa todos os domingos, ás 23h na HBO e terá 7 episódios.


 (Esse post é válido para o TOP - Comentarista de Março / 2017)

6 comentários:

  1. Oi Paloma, não é só com você que isso acontece kkkk Eu fico com vontade de PLL quando leio esse nome viu. Até agora eu não havia parado para saber do que se trata a série. Quanto mistério hem. Acho que vou gostar de tentar desvendar esses segredos.
    Beijos
    [SORTEIO]Baile Literário
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que não é só comigo kkk é automático!
      Sim, é bem interessante os segredos e mistérios... realmente te deixa ligado na série :D

      Excluir
  2. Super lembro de PLL, apesar de não ter assistido essa também kkk
    Gosto de séries que mulheres são as principais e vou assistir o primeiro para ver se gosto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que acontece com muita gente então kkkk Ainda bem que não sou a única! Fora que até pouco tempo eu falava Big Little Liars, mas é Lies... Confusão! ;X

      Essa é série é total mulheres! Homens são apenas secundários.. É bem interessante, a fotografia é maravilhosa.

      Excluir
  3. Oii!
    Eu vi a chamada da série, ainda não fui dar uma espiadinha, mas me interessou bastante...
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela tem me prendido bastante! Super legal, e só vão ser 7 episódios, curtinha...

      Excluir

Tecnologia do Blogger.