ASSISTIDOS - Janeiro / 2017


Olá, leitores! Tudo bem?
Todos os meses (ou quase) eu mostro os meus lidos e decidi que a partir de 2017 começaria a mostrar os meus assistidos também!
Confiram tudo que vi em janeiro: 

* Filmes:



As Vantagens de Ser Invisível
Muito amor por esse livro e mais amor ainda por essa adaptação! Tem coisa melhor do que uma boa adaptação daquele livro maravilhoso? 

Matilda
Mathilda é a heroína dos leitores, sem dúvida! E esse é um daqueles filmes que, não importa quantas vezes assisto, sempre me deixará emocionada e com uma sensação de que estou transbordando esperança. 



Cujo
Eu confesso que sou uma medrosa de carteirinha. Detesto assistir filmes de suspense / terror por que fico passando mal de nervoso. Fui ver esse filme com duas amigas e gritei mais e tapei mais os olhos do que realmente vi. Sim, eu sei que ele não é o filme mais assustador do mundo mas, para uma medrosa como eu, é digno de atrapalhar o sono.
Apesar dos pesares, amei o filme e realmente fiquei com vontade de ler o livro. Vamos ver se eu crio coragem, não é mesmo? 



Golpe Baixo
Assisti esse filme com uns amigos, pra passar o tempo e ri um pouco. Como sempre, ele cumpriu o seu papel na questão de humor e ainda ensinou umas lições. 

A Escolha Perfeita
Acreditem ou não, eu nunca tinha assistido A Escolha Perfeita. Confesso que, vi pouquíssimos filmes na minha vida. Cheguei a um ponto de ver apenas um filme num ano. Só do ano passado pra cá que comecei a investir mais e separar tempo pros filmes e séries. 
Então, eu finalmente assisti AEP e amei! Achei o filme maravilhoso e a minha única reclamação é o final ter me deixado tão louca pra ver o próximo! 



Billy Elliot
Acabei me deparando com esse filme e por indicação de uma amiga, assisti. Gostei demais do filme! Ele conseguiu me fazer rir e me emocionar nos momentos certos e, com certeza, conseguiu passar a sua mensagem central. 
Ele não é um filme ruim, é muito bom, na verdade. Só não conseguiu me conquistar tanto quanto eu gostaria. 



Club de Los Incompreendidos

Esse filme já tava na minha lista desde dezembro. No dia em que assisti pela primeira vez Requisitos para Ser Una Persona Normal, o adicionei, mas, com o tempo, acabei esquecendo dele. Até que, em uma dia qualquer de janeiro resolvi dar uma chance a esse filme. E não poderia me arrepender!

AMO produções com a temática da amizade e fiquei muito apaixonada por essa história. Esse grupo de "desajustados" me lembrou um pouco do grupo do livro Quase Uma Rockstar e isso é muito bom, já que, amo esse livro!

Falando em livros, só quando estava pesquisando para escrever esse post que descobri que o filme é adaptação do livro Bom dia, princesa! do Blue Jeans. O filme leve, divertido e cativante me ganhou e o enredo com certeza, me deixou ansiosa para ler os livros. =) 



Requisitos Para Ser Una Persona Normal

Sabe aquele filme que só de pensar você já começa a sorrir? No meu caso, esse filme é Requisitos para Ser Una Persona Normal. Eu o assisti pela primeira vez em dezembro e, em janeiro, resolvi ver de novo.
Encontrei esse tesouro em uma das minhas buscas pela Netflix. O pôster e a sinopse já me fizeram ficar com as expectativas lá no céu e isso não me atrapalhou quando fui assistir. Ele foi muito além do que eu estava imaginando e conquistou um lugar fixo no meu coração! 

Está de bobeira e quer assistir algo fofo, leve e engraçado? Separe a pipoca e dê o play em Requisitos Para Ser Una Persona Normal. Aposto que você vai gostar! 



A Big Love Story
Todo mês eu vejo quais os filmes sairão do catálogo da Netflix e escolho alguns para assistir. No finalzinho de janeiro, resolvi fazer isso e um dos escolhidos foi A Big Love Story. 

Na sinopse você é apresentado a um filme que parece ser ótimo. A ideia da história é realmente muito boa e fiquei ansiosa para conferir o filme. 

Grande ilusão! Sabe aquele filme que você fica contando os minutos para acabar-logo-pelo-amor-de-Deus? A Big Love Story é um desses. Me vi enchendo a minha cabeça com pensamentos aleatórios, me distraindo propositalmente e conferindo a cada segundo quanto faltava para ele terminar. 

A ideia era boa, o enredo tinha tudo pra ser ótimo, o filme tinha tudo pra ser maravilhoso, mas, infelizmente não foi. 



As Apimentadas: Entrar para Ganhar! 

Seguindo a mesma ideia de escolher alguns que sairão do catálogo para assistir, me deparei com As Apimentadas: Entrar para Ganhar! 

O primeiro filme de "As Apimentadas" eu realmente gosto e achei que esse fosse me conquistar tanto quanto ele. Bem, não conquistou. A história é legal, mas, mediana. 

De bom posso destacar a substituição de rivalidade por amizade. E sem dúvida, a atuação de Ashley Benson, a minha eterna Hanna Banana. 


* Doramas



Hello, My Twenties

Assistidos: Episódios 1 - 5;
Mais ou menos em 2015, minha amiga Millena tinha me apresentado o mundo dos Doramas. Eu comecei a assistir Flower Boy Next Door e fiquei apaixonada, mas, por algum motivo que até hoje não sei qual, nunca terminei de assistir. 

Agora em janeiro, essa mesma amiga me fez tentar mais uma vez. E começamos por Hello, My Twenties. Eu realmente amei esse dorama, logo de cara já assisti os cinco primeiros episódios. 

A história me conquistou, mas, o fato de haver cinco protagonistas, naquele momento não estava funcionando. Eu queria assistir algo focado totalmente num casal. Por isso, começamos Noble, My Love. 

www.dreamsandbooks.com
Noble My Love
- Completo
A capa fofa, a facilidade de ele estar na Netflix e os episódios de 15 minutos foram pontos decisivos para me fazer assistir Noble, My Love. Eu maratonei o dorama e em apenas uma tarde, já o tinha concluído. 

Gostei? Posso dizer que sim, mas, durante todo o momento em que assistia, piscava um alerta na minha cabeça com a mensagem "isso não está certo". E não estava mesmo. 

Noble, My Love é inspirado descaradamente em 50 Tons de Cinza. E, se a história escrita por E. L. James já não merecia nenhum destaque por estar romantizando relacionamentos abusivos, NBL nem deveria ter sido escrito. Há tantas e tantas histórias que ensinam mensagens realmente boas e a pessoa se insira em qual? Naquela que, em hipótese alguma, não deve ser aclamada. 

"Ah, você está exagerando! Não tem problema nenhum!" Na verdade, tem sim e o problema é grave. Romantizar relacionamento abusivo não é certo, não é bom e não é saudável. Pense em todas as nossas meninas que estão crescendo e vendo nas mídias que tudo bem o cara ser um monstro, tudo bem ele te machucar de forma física e/ou emocional, tudo bem ele controlar sua vida, tudo bem ele ditar o que você usa, o que você come, aonde você vai, com quem se relaciona... Já que, ele faz isso por que te ama. Não, não está nada bem e definitivamente, isso NÃO É amor. 

O único ponto positivo de Noble, My Love é a protagonista feminina. Ela merece todo o destaque e é realmente muito apaixonante. Seria fantástico se esse dorama fosse escrito para criticar os relacionamentos abusivos. Seria um diferencial e tanto e ele mereceria toda a atenção e amor. Porém, infelizmente o mundo ás vezes gira para o lado errado. 

"Então, você está dizendo que não recomenda que eu assista?" Olha, se você quiser assistir para criticar a romantização de relacionamentos abusivos, é uma boa. Agora, se você quer assistir para se apaixonar pelo protagonista masculino e sonhar com uma história de "amor" assim, recomendo que pule para o próximo dorama da lista. Vai por mim, é a melhor decisão. 



High end Crush

Assistidos: Episódios 1 - 5

Após finalmente terminar Noble, My Love resolvi começar a assistir High end Crush. Ao contrário do dorama anterior, o protagonista masculino é encantador. Ele se esconde atrás de uma máscara de antipatia e superioridade, mas, logo no começo se vê que tudo isso é fachada, suas atitudes mostram quem ele é. Não há um cara controlador, abusivo escondido atrás de uma máscara de apaixonado. 

Eu ainda estou no começo, por isso, não posso afirmar se a história continuará guiando por esse caminho clichê, porém, inofensivo ou se seguirá para outro nada saudável. Aguardem uma avaliação melhor no próximo post. ;) 


Shopping King, Louis

Assistidos: Episódios 1 - 10.

O que dizer desse dorama que eu ainda nem terminei e já considero favorito? ♡ Eu estava um pouco receosa ao começá-lo, pois, os episódios são bem longos e eu normalmente fujo disso. Mas, decidi deixar isso pra lá e assisti o primeiro episódio e então, não consegui mais parar!

Os episódios iniciais são daqueles que você não consegue deixar de rir pelas trapalhadas e de sorrir pelas fofurices dos protagonistas. Mas, quando ele quer te fazer chorar, amigo, prepare os lenços por que lá vem um rio de lágrimas!

SKL me deixou naquela posição de gostar tanto, mas, tanto que tenho até dificuldade para falar dele. Só digo uma coisa: assista! Você não vai se arrepender!


* Séries



Once Upon a Time 
Assistidos:  1ª temporada completa e a 2ª do 1 - 16.

Eu sou completamente apaixonada por princesas, contos de fadas e qualquer coisa relacionada a isso. E sempre tive vontade de assistir Once Upon a Time, mas, acabava sempre adiando, nem sei o porquê. Então, em janeiro resolvi finalmente começar essa série. Confesso que estava bem receosa, mas, logo vi que o medo de não gostar era totalmente bobo! 

Já no piloto essa série ganhou muito mais que um lugarzinho na "minha lista", ela ganhou um lugar no meu coração! ♡ 



Unbreakable Kimmy Schmidt
Assistidos: 1ª temporada completa e 2ª episódios 1 e 2. 

UKS é uma daquelas séries que vai te ganhando aos poucos. Quando você vê, já está completamente envolvido e apaixonado pela história e seus personagens. 

Pra saber mais da minha opinião sobre UKS e conhecer mais a série leia Unbreakable Kimmy Schmidt - Conheça a Série + Quotes

Tecnologia do Blogger.