RESENHA - Fugitivos

Olá leitores! Tudo bem?
Hoje eu venho com a quinta (e última) resenha da Semana de Resenhas!
Confiram:
Título: Fugitivos
Autor: Carlos Barros
Número de Páginas: 634
Editora: Giostri

Skoob: Adicione

"Se aprendi alguma coisa, é que não devemos esperar para resolver nossos problemas afetivos. Achamos que as pessoas que amamos vão ficar à nossa esperar para sempre, mas nem sempre isso acontece, e elas partem."


Sinopse: 
De onde vem a amizade? O que é necessário para se ter uma vida melhor? 

Caio, um carioca de 15 anos, perdeu os pais em uma tragédia e foi morar com a avó em Belo Horizonte. Cheio de traumas, causados pelo incidente que vitimou sua família, ele não tem mais desejo de retomar sua vida. Fernanda, de 15 anos, protege seu irmão Jonas, de 11 anos, do temperamento violento do pai. Ela se apaixona por Caio, e este por ela. O sentimento que nutrem, será o catalizador de uma briga que colocará em risco a segurança dos dois. Gabriel, de 17 anos, e Bianca, sua irmã de 5 anos, perderam a mãe, por ela ser viciada e ter sofrido uma overdose, e o pai está preso. Ficam sob a tutela da Justiça e do irmão mais velho, de 20 anos, que apoia o pai em planos escusos para melhorarem de vida. 

Em Fugitivos, acompanhamos o amor nascer entre Caio e Fernanda, e a força da amizade que surge entre os cinco jovens, de forma tão intensa, que o drama de cada um deixa de ser individual e passa a ser de todos. No momento em que suas histórias se misturam, eles precisam fugir para salvarem suas vidas. Nessa corrida emocionante, que atravessa os estados de Minas Gerais, Bahia, Alagoas e Pernambuco, mais de dois mil quilômetros, iremos descobrir seus sonhos, seus medos, suas tristezas e suas alegrias, tudo envolto por muito suspense, perigo, romance e reviravoltas surpreendentes.

"Não estou com você para sentir menos dor... eu sinto menos dor , porque eu estou com você. É diferente".

Quando soube da existência desse livro, fiquei com muita vontade de lê-lo. Essa vontade permaneceu adormecida num cantinho do meu coração por alguns meses. E, ela despertou loucamente quando recebi Fugitivos. 

É fácil ser tocado por esse livro. É fácil amar os personagens (alguns odiar) e se identificar com suas histórias. Eles não são perfeitos, suas vidas não são perfeitas e certinhas. Todos passam por dificuldades, "matam leões" todos os dias, mas, sem nunca desistir. Eles são um exemplo de perseverança e nos incentivam e nos ensinam a ser mais assim. 

A amizade dos cinco é linda! Na verdade, eles em si, são lindos e maravilhosos. O Carlos trabalhou cada personagem de uma forma tão incrível que fica impossível não se apaixonar por eles.
Foto por Dreams & Books
Instagram @dreamsebooks
Minha personagem favorita é, com toda a certeza, a Bianca! Eu tenho loucura por crianças e crianças literárias (esse termo existe?!) são um amor!
A Bianca é tão madura e fofa! Mas, sem perder seu encanto infantil. 

Nós vemos nela mesmo o quanto alguns acontecimentos ruins amadurecem precocemente as crianças.
O autor soube trabalhar isso de uma forma ótima com todos os cinco amigos. 

Eu fiquei apaixonada por esse livro! Suas quase 700 páginas foram poucas e acabaram rápido demais. Eu ainda não estava pronta para me despedir deles. Gostaria que tivesse uma continuação!

"[...] Se aprendi alguma coisa, é que não devemos esperar para resolver nossos problemas afetivos. Achamos que as pessoas que amamos vão ficar à nossa esperar para sempre, mas nem sempre isso acontece, e elas partem."

A leitura desse livro me trouxe um misto de tristeza, alegria e apreensão. Eu fiquei roendo as unhas durante alguns acontecimentos e pedindo por Deus que houvesse um final feliz. 

O que eu posso dizer sobre a forma de escrever do Carlos? Fabulosa, apenas. Suas descrições são tão realistas que, parece que os personagens existem mesmo. E mais, parece que você faz parte dos Fugitivos. 

Esse livro me encantou e entrou para a lista de livros que recomendarei eternamente! Acompanhe você também os Fugitivos, nessa fuga em busca de um futuro melhor! ;) 

"Minha cabeça esta confusa... é difícil pensar agora... não sei o que vem pela frente... nem o que vamos fazer, mas sei que quero ficar com você, em qualquer lugar." 
Tecnologia do Blogger.