SEMANA UNA - Entrevista com Cinthia Freire

Olá leitores! Tudo bem?

Hoje eu trago a 3ª postagem da #SemanaUNA! :) Dêem uma olhadinha no Post 1# para saber como ganhar prêmios nessa semana incrível!
Vamos a entrevista? 

Quem é Cinthia Freire?

Olá, eu sou uma pessoa que adora falar, adora ler e vive eternamente apaixonada. Gosto de romances, vejo romance até em filme de terror e acho que o amor é o principal sentimento do mundo. Sou casada, tenho duas princesinhas e um Lhasa Apso chamado Jack que é meu companheiro de madrugadas.

O que te inspirou a escrever?

Acho que foi basicamente a minha professora de português da quinta série. Desde que comecei a fazer redações e a ler livros comecei a me apaixonar pelas historias e desde então nunca mais as abandonei.

Qual foi a sua maior dificuldade?

Pra escrever? Acho que foi acreditar que eu seria capaz de criar uma historia. Especificamente no Um Novo Amanhecer a minha maior dificuldade foi descrever a evolução da doença do Leo, foi muito difícil principalmente porque é algo real, acontece diariamente e com milhares de jovens assim como o meu personagem.

Quais são seus próximos projetos?

Como você já sabe, Antes dos 20 está no Wattpad e graças a Deus fazendo um grande sucesso, as pessoas estão querendo saber quando ele vira livro físico e minha batalha agora é para conseguir publica-lo.

 Como surgiu a ideia de UNA?

Eu amo anjos, amo historias com anjos e leio tudo que tem anjos, mas eu queria escrever algo diferente, e ai surgiu a ideia de escrever um anjo mais próximo da realidade, alguém que não saia lutando contra demônios e sim que nos ajude, que nos acalme, que lute por nós e conosco pelos nossos problemas... esse é o meu Zyon. 

Romance é seu estilo preferido. Você tem vontade de se arriscar a escrever outro gênero?

Ah sim eu amo distopias e tenho uma história já rascunhada, não sei se vai dar certo, mas com certeza terá um romance no meio também. 

Você recebeu apoio de seus familiares ou amigos?

Sim meu marido é meu fã número um me apoia em tudo e vibra muito com minhas vitórias, meus amigos mais próximos e minha família também, todos ficam muito felizes em saber que minhas noites em claro não firam em vão. 

Você também é leitora. Já passou por alguma situação curiosa com algum autor que é muito fã? 

Ano passado na  Bienal eu tava louca pra ver a Carina Rissi (minha escritora nacional favorita) mas, foi impossivel por conta da quantidade de pessosa, mas eu a vi e fiquei tão emocionada de ver ela cercada por mais de 500 pessoas e pensei “isso é literatura nacional!" Fiquei realmente com lágrimas nos olhos e muito feliz mesmo sem ter conseguido chegar perto dela.

Como você, seus familiares e amigos estão lidando com isso de você ser uma escritora com um livro publicado?

Ah normal. Pra minha família é algo eu gosto de fazer e eles apoiam, meu marido teve que aprender a me dividir com o notebook e as vezes ele chia um pouqinho, mas no geral ele até me cobra se eu fico muito tempo sem escrever. Minhas filhas é que sofrem tadinhas, elas morrem de ciúmes, mas eu sempre enfatizo que elas são as minhas principais inspirações para tudo o que eu faço.

 E como está sendo perceber a repercussão de UNA e receber o carinho dos leitores?

Isso é maravilhoso, eu estou encantada com o retorno dos leitores, UNA está com a primeira edição esgotada nas livrarias e eu estou muito feliz em saber que a literatura nacional está conquistando seu espaço.

Quando caiu a ficha, tipo: “eu sou uma escritora e há dezenas de pessoas interessadas em ler a história que criei”?

Acho que no lançamento quando tive que dar meu primeiro autografo! Até então eu nem pensava nisso, não sabia o que escrever e eu tremia tanto! Tadinha da garota acho que saiu um garrancho, e outra parte dificil foi fotos, morro de vergonha de tirar fotos e de repente tinha fotos minhas espalhadas em todos os cantos e isso me deixou um pouco assustada, mas com o tempo eu fui me adaptando e hoje meu autografo sai bem bonitinho! 

 Por que as pessoas devem ler Um Novo Amanhecer?

Porque é um livro delicado, que relata sentimentos intensos e profundos como o amor, o medo, a dúvida, a inveja, o desejo, e nos faz perceber que somos todos um milagre que a existência de cada um não é em vão e que o amor é o sentimento mais poderoso do mundo. Indico porque é literatura nacional e também pra quem teve um amor na adolescência.

 Esse espaço é seu, deixe um recado, mande beijo, fale o que quiser!

Primeiramente eu quero agradecer a criadora oficial dos apelidos dos meus livros, Lorrane hoje praticamente todo mundo chama Um Novo Amanhecer de UNA e agora Antes dos 20 esta virando AD20. Obrigada de coração!
Em segundo lugar quero agradecer a todos que leram essa entrevista a todos que se interessaram por meus livros, um obrigada especial a todos os que vem até mim para me falar algo, agradecer e dizer o quanto gostou das minhas histórias, muito obrigada, e obrigada a todos os blogs em especial ao Dreams & Books por todo o apoio que vem dando a literatura nacional, isso é maravilhoso! 

**
Confiram a resenha de UNA: Aqui

Saibam mais sobre AD20: Aqui 

Fanpage de UNA: Curta

Fanpage de AD20: Curta  


O que acharam da entrevista? :)  


Créditos na primeira foto: Carol Longarini.  


Postagens da #SemanaUNA

Post 1

Post 2  

Post 3  

Tecnologia do Blogger.