POEMA - A Alegria e a Tristeza




Oi gente! :) 
Já faz tempo que não posto um poema, e hoje resolvir fazê-lo. 
O poema de hoje é de André Condo, ele ganhou o 3º lugar do V Festival de Poesia de Bom Jardim, que ocorreu na FLITS. Eu fui uma das juradas do Festival! 
Ah, como eu já disse antes, quem quiser comentar um nome de um poema ou de um poeta/poetisa que queira ver aqui no D&B, fiquei a vontade! ;) 


A Alegria e a Tristeza

Alegria é: 
Encontrar na concha rachada
Um mar, praia de infância
É não conhecer distância
Para lembrança da amada! 

É pisar em folhas secas
E escutar o eco do verão nos pés
Desvendar bibiotecas
Aromas de livros velhos, cafés

É ouvir a chuva no telhado
Com quem se amou, abraçado
Ver o joã-de-barro em sua casa
Aquecendo o ninho vazio com sua asa.

É sentir a curva do vendo
E nele semear o saudoso momento
De um beijo na brisa
Nos lábios da calada poetisa
Com um leve sorriso de nostalgia. 

É a tristeza com saudade
Da alegria!



Confiram um pouquinho sobre o autor:


Filho de imigrantes japoneses, nasceu em Santo André-SP em 1975. Morou no Japão e na Austrália, sendo pós-graduado pela University of Sydney. É autor dos livros Além do Horizonte, Amor sem Fronteiras (Prêmio Paulo Mendes Campos – UBE-RJ), Contos do Sol Nascente (Prêmio Bunkyo de Literatura, M. H. Prêmio Esfera das Letras – Portugal, Prêmio ProAC), Cem pequenas poesias do dia-a-dia (Prêmio de Literatura UNIFOR), Palavras de Areia (Prêmio Alejandro Cabassa – UBE-RJ, Prêmio Estímulo de Cultura). Também é autor dos livros infantojuvenis: Jabuti sabe voar? (Prêmio Maria Osternack Pedroso), O Pequeno Samurai (M. H. Prêmio Nacional de Literatura João-de-Barro) e “Alguém viu a minha mãe?” (Prêmio CEPE). Com mais de cem prêmios literários, no Brasil, em Portugal e no Japão, participa de dezenas de antologias. Sua escrita busca refletir a inspiração dos caminhos que trilhou por 60 países, desde grandes centros urbanos como Moscou e Nova York a vilarejos no Himalaia, acampamentos nômades na Mongólia e remotas ilhas do Pacífico. Pé na estrada, coração nas letras, continua viajando, agora, pelo universo da literatura também. 
Quem quiser visitá-lo, seja bem-vindo: www.andrekondo.blogspot.com.br 


Tecnologia do Blogger.