RESENHA - A hora da estrela

 Sem dúvida alguma Clarice Lispector é uma autora que está sempre em alta, suas reflexões, seus pensamentos, suas crônicas, não há nada que ela não tenha escrito que não tenha feito sucesso. Seguindo um pouco da linha de Raciocínio da Hazel Grace (A culpa é das estrelas), ela é o tipo de autora que me faz ter vontade de ler até mesmo sua lista de supermercado.
 Clarice possui uma escrita viva e intrínseca (isso não é um trocadilho), ela nos faz refletir sobre os mais diversos aspectos de nossa vida: desde os incidentes mais simples aos acontecimentos mais adversos que nos causam estranhamento. Ela tenha sua própria visão de mundo e passa isso para todos nós em seus livros e por isso é uma das autoras mais citadas (principalmente por frases que sequer compôs) e aclamadas até o dia de hoje.
 A hora da estrela é mais um dos livros onde Clarice navega a fundo no universo humano, tristeza, mágoas, pesares e os mais diversos sentimentos humanos unidos numa personagem humilde e quase invisível: Macabéa. Macabéa é uma mulher sem nenhum atrativo, pobre e medíocre, o tipo de pessoa que ninguém repara nas ruas, mas mesmo assim a autora a torna uma 'estrela', não uma estrela de cinema, tampouco alguém famosa: Macabéa tem apenas um grande momento na vida, e ele é muito bem explorado. Com sua baixa auto-estima ela consegue um namorado, Olímpico, que não a ama. A história gira em torno de suas desventuras, sempre com um toque bastante íntimo.
 O grande momento de Macabéa é contado apenas no final do livro, gerando em nós uma grande expectativa. Certos 'spoilers' (ficou engraçado nesse contexto pois não é um spoiler em si, mas uma ironia) são dados pela cartomante que aparece eventualmente na história e narra alguns fatos futuros no destino de Macabéa. Não se iluda. Além da cartomante dificilmente aparecer no livro ela sempre dota suas predições com certa ambiguidade, gerando em nós uma imagem embaçada acerca do futuro. Acredito que isso aumente ainda mais nossa expectativa e que seja mais um dos passos bem dados da autora.

 'A hora da estrela' ganhou um filme homônimo nacional em 1985 e você poderá vê-lo no fim desta postagem. Quanto ao livro eu recomendo a leitura principalmente para aqueles que querem começar a se aventurar no universo Lispector, principalmente por ser uma leitura bem empolgante e direta e sem falar no final, que é surpreendente!




CURIOSIDADES:
- Sabia que 'A hora da estrela' virou filme? Pois é, muitos não sabiam, caso deseje ver o filme clique aqui e veja-o completo pelo youtube, ou, se preferir, veja-o abaixo, no fim desta postagem. O filme exibe, infelizmente, algumas imagens não aconselháveis para determinada faixa etária, embora o enredo em si não tenha nada inapropriado. Eu o recomendaria apenas para maiores de 16 anos.
- A hora da estrela foi publicado em inglês e em espanhol (encontrei outros livros da Clarice que foram publicados em alemão, francês e outros idiomas, mas não encontrei nada a respeito de 'A hora da estrela'), inclusive eu achei diversos livros dela em espanhol a venda na Bienal Rio 2013, porém não comprei devido aos preços absurdos. Separei algumas capas e as espalhei pela postagem, mas abaixo há uma versão compactada de todas.






INFORMAÇÕES
Páginas: 088
Autor: Clarice Lispector
Editora: Rocco
ISBN: 853250812X


 Abaixo eu consegui colocar o player com filme, que está disponível no youtube. Em breve postaremos nossa visão acerca do que achamos do filme.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.